Horário de funcionamento: Segunda à Sexta, das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h
Acessibilidade

Indianópolis fica em 10º lugar na Atenção Primária à Saúde


Publicado em: 15/10/2021 08:56 | Autor: Alecsandro Manoel de Ornelas

 

 

Atualizado em 15/10/2021 - Município de Indianópolis ficou em 10º lugar no ranking de APS - Atenção Primária à Saúde no Estado do Paraná e em 229º no Brasil.


Anteriormente o Ministério da Saúde havia divulgado que o Município de Indianópolis estava em 12º lugar no ranking de APS - Atenção Primária à Saúde no Estado do Paraná e em 240º no Brasil (informação em 06/10/2021). Porém, em nova divulgação foi apresentado que Indianópolis subiu no ranking atingindo o 10º lugar na APS - Atenção Primária à Saúde no Estado do Paraná e em 229º no Brasil.


Isto se dá em razão dos trabalhos realizado pela Secretaria de Saúde de Indianópolis e sua equipe, que não medem esforços para a realização no atendimento à toda população e, consequentemente, atingindo as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

A Atenção Primária à Saúde (APS) é o primeiro nível de atenção em saúde e se caracteriza por um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo, que abrange a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação, a redução de danos e a manutenção da saúde com o objetivo de desenvolver uma atenção integral que impacte positivamente na situação de saúde das coletividades. Trata-se da principal porta de entrada do SUS e do centro de comunicação com toda a Rede de Atenção dos SUS, ou seja, a APS funciona como um filtro capaz de organizar o fluxo dos serviços nas redes de saúde, dos mais simples aos mais complexos. No Brasil, a Atenção Primária é desenvolvida com o mais alto grau de descentralização e capilaridade, ocorrendo no local mais próximo da vida das pessoas. Há diversas estratégias governamentais relacionadas, sendo uma delas a Estratégia de Saúde da Família (ESF), que leva serviços às comunidades por meio das Unidades de Saúde da Família (USF). As consultas, exames, vacinas, radiografias e outros procedimentos são disponibilizados aos usuários nas USF. Hoje, há um conjunto de iniciativas para cuidar da população no ambiente em que vive, como por exemplo, o Médicos pelo Brasil , o Previne Brasil e a Estratégia Saúde da Família, entre outros programas, ações e estratégias.